Túnel e cave subterrânea de vinícola de Flores da Cunha estão quase prontos

Por Léo Prado 2 Min Read

Falta pouco para que os turistas conheçam a cave subterrânea de espumantes da Luiz Argenta, de Flores da Cunha. A previsão é que esteja aberta para visitação em setembro. A obra inclui um túnel que ligará o novo espaço com a já conhecida cave de vinhos da vinícola. Com a ampliação, a Luiz Argenta irá praticamente dobrar a capacidade produtiva: serão mais 400 mil garrafas — hoje são 450 mil.

— Com isso, vamos também ampliar as nossas possibilidades enoturísticas, proporcionando novas experiências para que as pessoas possam conhecer esse mundo encantador do vinho, conhecer um pouquinho mais da nossa história e fomentar mais o turismo da região dos Altos Montes, que é muito bonita e com muitas possibilidades — destaca Daiane Argenta, diretora executiva.

Além de ligar as duas caves, o túnel dará acesso ao Centro de Eventos, inaugurado neste ano. Destinado a eventos sociais e corporativos, já recebeu um encontro do Centro Empresarial de Flores da Cunha e casamentos, inclusive de pessoas de outros estados.

— Em abril, tivemos casamento de um casal de São Paulo, em maio um casamento de um casal do Rio de Janeiro. A gente consegue atrair pessoas de diversas partes do Brasil — conta Daiane, acrescentando que o Centro tem capacidade para até 500 pessoas sentadas.

O ritmo da obra impressiona: começou no final de 2021, teve o Centro de Eventos inaugurado em abril e agora falta apenas a conclusão da cave e do túnel:

— Foi muito rápido, justamente para que a gente consiga o quanto antes proporcionar tudo isso para o nosso visitante. Até setembro, a gente vai conseguir caracterizar, customizar e deixar pronto para receber o turista.

Compartilhe esse Artigo
Deixe um Comentário